Osteoporose

cópia de Osteoporose

      A osteoporose é uma doença dos ossos muito prevalente, que acomete cerca de 10 milhões de brasileiros. Uma em cada quatro mulheres com mais de 50 anos desenvolve a doença. No Brasil, a cada ano ocorrem cerca de 2,4 milhões de fraturas decorrentes da osteoporose.

      A osteoporose cursa com redução da quantidade e qualidade dos ossos, além de desorganização da microestrutura do osso (que fica com qualidade ruim). Essas alterações causam aumento da fragilidade óssea, com isso havendo aumento do risco de fraturas, que podem ocorrer mesmo com pequeno impacto. 

      Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a osteoporose é uma doença silenciosa, ou seja, raramente as pessoas acometidas têm sintomas, muitas vezes o primeiro sintoma é uma fratura. Por isso, o ideal é que sejam feitos exames preventivos para um diagnóstico precoce, antes que ocorra sintomas mais graves. O diagnóstico feito através do exames denominado Densitometria óssea, que será interpretado por seu Endocrinologista, que lhe dirá se você tem Osteoporose, ou mesmo Osteopenia, que é “um passo” antes da Osteoporose. O paciente com Osteopenia pode não progredir para Osteoporose através da intervenção adequada de seu Endocrinologista.

        Quais são os fatores de risco para Osteoporose?

o    Baixa ingesta de cálcio na infância e adolescência

o    Baixa exposição solar (Vitamina D fica baixa)

o    Sendetarismo

o    Baixo peso, magreza constitucional

o    Idade tardia da menarca (primeira menstruação)

o    História familiar de osteoporose (é o fator mais importante, pois 70% da massa óssea é determinada geneticamente)

o    Tabagismo 

o    Etilismo (> 3 doses/dia)

o    Uso de corticóides, anticonvulsivantes, anticoagulantes, quimioterápicos, inibidores de aromatase, análogos de GnRH…

o    DPOC, doenças inflamatórias intestinais, doenças disabsortivas, pós bariátrica ou pós ressecção intestinal, Artrite Reumatóide, Lupus Eritematoso Sistêmico, Insuficiência renal, cirrose, fibrose cística, Diabetes Mellitus, doenças da tireóide e da partireóide, anorexia nervosa

o    Imobilização prolongada

o    História pessoal de fratura de fragilidade

 
     Quando realizar a densitometria óssea?
 

Mitos sobre a Osteoporose:

  • “Eu não tenho dor nos ossos, portanto, não tenho Osteoporose”: a Osteoporose raramente cursa com dores. Estas só surgem quando há fraturas, muitas vezes ainda não diagnosticadas.
  • “Tomo muito leite, não terei Osteoporose”: a ingesta de leite e derivados, de fato, contribui para uma boa saúde dos ossos, no entanto, a origem da Osteoporose envolve vários fatores, dentre eles fatores genéticos que podem levar até mesmo uma pessoa com hábitos de vida saudáveis a ter Osteoporose.
  • “Eu tenho Osteoporose mas é só na coluna”: a Osteoporose é uma doença sistêmica, ou seja, acomete todos os ossos do corpo. Pode haver lugares mais gravemente acometidos, no entanto, a doença está presente em todos os ossos. 
  • “Homens têm ossos fortes, portanto, não têm Osteoporose”: os homens têm Osteoporose com menor frequência que as mulheres, mas essa é uma doença que acomete tanto homens quanto mulheres, portanto os homens também devem investigar se têm Osteoporose.
nv-author-image

Lorena Amato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *